Gravidez

O que envolve o pescoço do bebê?

O que envolve o pescoço do bebê?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A única coisa que preocupa você durante uma gravidez bem concebida é o surgimento de um fator que ameaça a saúde do seu bebê. O medo de como isso afetará o curso da gravidez, se levará ao nascimento prematuro ou a qualquer outro problema de saúde, pode causar medo.

Entrelaçamento do cordão É uma das situações mais importantes que podem lhe dar esses medos durante a gravidez ou o nascimento. Embora existam muitos bebês nascidos dessa maneira, você ainda pode ter muitas perguntas que poderá se perguntar.

O que é o emaranhamento de cordão, por quê? Quais são os efeitos no seu bebê e nascimento? Vamos examinar as respostas juntos.

cordão; entre as pessoas 'cordão umbilical' conhecido na medicina 'cordão umbilical é o tecido que fornece a conexão entre a placenta e o bebê. Através desse vínculo, o bebê se beneficia da comida e do oxigênio no sangue de sua mãe.

Em suma, alcança tudo o que precisa graças ao cordão umbilical. Portanto, o cordão é vital no desenvolvimento do bebê. No entanto, de tempos em tempos, podem ocorrer alguns problemas de saúde e condições de risco relacionadas ao cordão umbilical. Especialmente o evento mais comum é o emaranhado de cordões no útero.

bem entrelaçamento do cordão O que é isso?

O emaranhamento do cordão umbilical é uma condição na qual o cordão umbilical entra em um ou mais nós ou nódulos ao redor do pescoço ou do corpo do bebê.

Emaranhado do cordão do pescoço Caso sua miniatura não receba o oxigênio e os nutrientes necessários, ela pode ser fatal. Em geral, porém, os bebês podem tolerar esse nó ou emaranhamento em seus cordões.

O emaranhado, o nó ou o engate do cordão umbilical podem não ser devidos a uma causa específica. Porque as razões para o emaranhamento do cordão não são muito claras. Se o seu médico detectou essa condição na sua prole, ele pode ter muitas causas diferentes.

  • O comprimento do cordão do seu bebê é maior que o normal.

O comprimento médio do cordão umbilical, 55 com 75 cm. Os laços umbilicais maiores que esse comprimento podem circular juntos no útero ou no corpo do bebê. Observa-se geralmente que o cordão é mais longo que o normal para nascimentos.

  • Seu bebê é maior que o normal.

Nesse caso, pode não ter saído de um anel através do qual a gravidez estava começando. Bebês grandes têm amplitude de movimento muito estreita.

  • Sua placenta está muito perto da parede uterina.

Quando a placenta está próxima à parede uterina, o cordão umbilical pode ficar longe do bebê, esticar e apertar as áreas emaranhadas.

  • Seu líquido amniótico está alto.

Excesso de líquido amniótico pode fazer com que o bebê se mova com mais facilidade e, consequentemente, emaranhar o cordão umbilical.

  • O útero pode ser compartilhado por mais de um bebê.

Mais uma vez, haverá espaço insuficiente para um bebê.

Você se importa se o bebê amarra sua cabeça? Você pode assistir ao vídeo.

É preocupante se é possível detectar com antecedência o emaranhado do cordão devido aos riscos que ele representa. Pais, "Como saber o emaranhado de cordão?Cevap.

Não é possível para a futura mãe entender esse problema sozinha. Somente se seu filhote estiver menos móvel do que o normal; por exemplo, por dia 10-15 vezes Se os movimentos no útero diminuíram repentinamente, esse número diminuiu para menos de 10; a existência de um problema pode ser suspeitada e um especialista pode ser consultado.

O emaranhamento e os nós do cordão umbilical são detectados por ultrassonografia às 36 semanas de gravidez.

A presença de certas condições especiais durante a gravidez aumenta a probabilidade de envolvimento no corpo e no pescoço do bebê.

Eles podem ser listados da seguinte maneira:

  • Em várias gestações como gêmeos e trigêmeos, o risco de emaranhamento do cordão aumenta porque não há muito espaço no útero e os bebês têm amplitude de movimento limitada.
  • Da mesma forma, existe esse risco em bebês grandes.
  • Tabagismo, álcool e uso de substâncias estão entre os fatores que aumentam o risco.
  • O líquido amniótico intra-uterino é mais do que o normal, o que aumenta a probabilidade.
  • A proximidade da placenta à parede uterina leva a uma maior probabilidade de compressão e emaranhamento do cordão umbilical.

Se você enfrentar uma dessas situações, encalhe mais provável de ocorrer. No entanto, esses fatores apenas aumentam a probabilidade.

Isso não significa necessariamente que você terá esse problema. Portanto, se você estiver tendo várias gestações ou se o seu mini não for muito pequeno, não deverá ter preocupações desnecessárias.

A frequência de emaranhamento do cordão umbilical em crianças, principalmente em mulheres grávidas, é uma questão de curiosidade. Uma mãe grávida espera que esse evento aconteça com seu filhote.

  • O emaranhamento do cordão umbilical pode ser observado em 3 de 10 gestações. Então, se você estiver grávida, suas chances de enfrentar esse problema %30'Stop.
  • Em 2 dessas 3 gestações, o cordão é enrolado em torno de uma volta. nomeadamente %20-25 entrelaçamento longitudinal.
  • A rotação do cordão umbilical 2 rodadas é um evento que pode ser vivenciado em 1 de 500 gestações.
  • Este problema é mais comum em bebês do que em mulheres.
  • Em gestações múltiplas, a área dos bebês é limitada, portanto são mais comuns que as gestações normais.

Muitos bebês sobrevivem facilmente ao emaranhado de cordão, o que geralmente ocorre no período inicial. O líquido amniótico pode se mover abundantemente com o excesso e passar pelo cordão umbilical e sair novamente. O cordão pode permanecer no pescoço do bebê, pois a mobilidade será limitada pelo aumento do desenvolvimento.

Emaranhado de cordão no bebê Os seguintes efeitos podem ocorrer se:

  • Se o cabo estiver enrolado no pescoço e preso, distúrbios do ritmo cardíaco e desaceleração de pulso pode ocorrer.
  • O emaranhamento prolongado do cordão umbilical (se o cordão apertar o pescoço do bebê) pode causar danos permanentes ao bebê.
  • Por períodos mais longos perda de bebê causar

O cordão não é um tecido facilmente compressível devido à sua estrutura. Deve-se lembrar que o cordão umbilical deve ser apertado para que essas condições ocorram.

Nem sempre é esperado que isso possa ser um problema sério se o cordão umbilical for detectado nas últimas semanas de gravidez. No entanto, se o bebê entrar no canal do nascimento e o cordão umbilical for esticado demais devido à confusão, isso poderá ter algumas consequências negativas.

Seu bebê monitorará os batimentos cardíacos do bebê, conectando-o a um dispositivo NST à medida que o bebê se aproxima do nascimento para mantê-lo livre de oxigênio. Se não houver um ambiente arriscado e o seu médico considerar apropriado, pode-se tentar o parto normal ou aplicar a cesariana se o dispositivo tiver sido avisado e a freqüência cardíaca desacelerar.

No entanto, o parto normal não é preferido, porque geralmente está em risco e o cordão umbilical pode apertar a garganta do bebê durante o parto. curto entrelaçamento do cordãoé um fator decisivo no parto. No entanto, seu médico escolherá a forma de parto mais saudável e apropriada para você e seu bebê. Nesse estágio, basta que as mães mantenham a compostura e controlem os movimentos do bebê.

Você pode clicar no link abaixo para aprender as perguntas que você tem sobre o seu parto cesáreo.

Tudo o que você precisa saber sobre parto cesáreo: // www. / Cesariana-nascimento-direito de todo-coisa-saber-você-necessidade /

Você pode fazer suas perguntas como comentários olarak

Seu ...



Comentários:

  1. Branigan

    Lamento, que não posso ajudá-lo. Eu acho que você vai encontrar aqui a decisão correta.

  2. Aubry

    Eu acho que esta é a ideia admirável

  3. Roderic

    Authoritative post :), curious ...

  4. Henrick

    A excelente mensagem é alegre)))

  5. Yolrajas

    I think this is a wonderful thought.



Escreve uma mensagem

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos